O Instituto

O Instituto CCR 
Entidade privada sem fins lucrativos, gerencia o investimento social do Grupo CCR, com o objetivo de proporcionar transformação social nas regiões de suas concessões de rodovias, aeroportos e mobilidade. Os projetos do ICCR são implementados por meio de recursos próprios ou verbas incentivadas.

Entre os projetos proprietários de impacto, merecem destaque: Caminhos para a Cidadania, que capacita mais de 3 mil professores em 1.600 escolas anualmente. E o Caminhos para a Saúde, que oferece atendimentos de saúde a caminhoneiros, motociclistas, ciclistas e passageiros de trens urbanos e metrôs, somando 49 mil beneficiados em 2022. Seu foco são iniciativas em cultura, educação, esporte e saúde, com R$ 49 milhões aplicados ao longo do ano passado.

Composição dos Conselhos e Diretoria:

Conselho de Administração do Instituto CCR
Eduarda Penido Dalla Vecchia
Fábio Russo Correa
Antônio de Toledo Mendes Pereira Filho

Diretoria Executiva 
Márcio Yassuhiro Iha
Carla Henriques Silva Fornasaro
Francine Nunes Saueia

Conselho Fiscal
Marcio Alabarce
Erika Natsumi Matsumoto
Carl Douglas de Gennaro Oliveira

 

Nossos Desafios

A ousadia e as novas ideias sempre estiveram presentes em nossa linha de governança, inclusive no desenvolvimento e apoio a projetos e ações socioambientais. Com o Instituto CCR, os desafios se renovam. Uma equipe especializada em terceiro setor trabalha constantemente no mapeamento, reorganização e gestão dos projetos e na capacitação dos atores que podem multiplicar a atuação do Grupo CCR. O principal desafio do Instituto CCR é ser reconhecido como referência em desenvolvimento socioeconômico e ambiental em suas regiões de atuação e assegurar o entendimento, o sentimento de pertencimento, a cumplicidade e o protagonismo de todos os atores envolvidos em suas atividades.

Relacionamento, cumplicidade e confiança são as bases da estratégia de atuação do Instituto CCR.

Com criatividade, inovação, valorização do diálogo e espírito de equipe, a  nossa atuação buscará constantemente o comprometimento de todos os envolvidos para garantir a qualidade de nossas ações e a perpetuidade do nosso negócio.

Com respeito aos diferentes costumes, culturas e expectativas de cada região abrangida por suas ações, o Instituto CCR está comprometido  em gerir todos os projetos com recursos próprios e com leis de incentivos otimizando e maximizando a sua utilização.

As áreas de atuação do Instituto CCR se baseiam por meio da inclusão social, nos seguintes pilares:

Educação

Saúde

Cultura

Esporte

Geração de Renda

Fundado em 1999, com atuação nos segmentos de concessão de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços, o Grupo CCR é referência nacional e internacional. A companhia foi a primeira a ingressar no Novo Mercado da B3 (antiga BM&FBovespa).

Hoje, a companhia é responsável por 3.698 quilômetros de rodovias da malha concedida nacional, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, sob a gestão das concessionárias CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), CCR SPVias (SP), Renovias (SP), CCR MSVia (MS), CCR ViaSul (RS) e CCR ViaCosteira (SC). Foi também responsável pelo primeiro contrato de concessão de rodovia do País, com a CCR Ponte, responsável pela Ponte Rio-Niterói no período de junho de 1995 a 31 de maio de 2015.

Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. 

O Grupo CCR atua ainda em negócios correlatos, como no setor de transmissão de dados de alta capacidade por meio da Samm, empresa prestadora de serviços de comunicação multimídia e conectividade IP com mais de 4.700 quilômetros de fibra óptica subterrânea e aérea. 

Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, ViaMobilidade, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo, Linha 5 - Lilás de metrô, Linhas 8 e 9 dos trens metropolitanos de São Paulo e Linha 17 - Ouro de monotrilho de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. 

O Grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. Possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Em 2015, adquiriu a TAS (Total Airport Services), empresa norte-americana prestadora de serviços aeroportuários. Em 2022, inicia a administração dos Blocos Sul e Central, que reúnem 15 aeroportos no Brasil e também do Aeroporto da Pampulha, localizado em Belo Horizonte-MG.

Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e integra pelo 11º ano consecutivo a carteira do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&FBovespa). Emprega, atualmente, mais de 15 mil colaboradores.

O Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura e mobilidade da América Latina.

Com atuação nos segmentos de rodovias, mobilidade urbana, aeroportos e serviços, o Grupo CCR trabalha com quatro núcleos de negócios, responsáveis pela gestão tanto dos atuais quanto dos novos negócios.

CCR Lam Vias: responsável pelas concessões das rodovias federais, tais como CCR NovaDutra, CCR ViaLagos, CCR MSVia, ViaRio, CCR ViaSul e CCR ViaCosteira.

CCR Infra SP: responsável pelas concessões das rodovias do Estado de São Paulo, tais como CCR AutoBAn, CCR ViaOeste, CCR RodoAnel, CCR SPVias e Renovias.

CCR Mobilidade: responsável pelas concessionárias ViaQuatro, ViaMobilidade, CCR Barcas, CCR Metrô Bahia e VLT Carioca.

CCR Aeroportos: responsável pelas concessionárias BH Airport (Aeroporto Internacional de Belo Horizonte), Quiport (Aeroporto Internacional de Quito, Equador), Aeris (Aeroporto Internacional de San José, Costa Rica), CAP (Aeroporto Internacional de Curaçao, Antilhas Holandesas), Blocos Sul e Central (reúnem 15 aeroportos no Brasil), Aeroporto da Pampulha (Aeroporto Carlos Drummond de Andrade - SBBH), além das TAS (Total Airport Services, nos Estados Unidos), empresa de prestação de serviços aeroportuários.